Home / Novidades / Évora – Um vislumbre da idade de ouro de Portugal

Évora – Um vislumbre da idade de ouro de Portugal

A sul de Lisboa e o rio Targus encontra-se uma região de grandes planícies conhecida como província do Alentejo. Na parte central desta região fica a cidade histórica de Évora. Com uma população de 50.000 habitantes em 2006, Évora é uma cidade com os olhos voltados para o futuro, mas tem um centro da cidade tão bem preservado que é um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Évora possui monumentos históricos que remontam a 2.000 anos e seus monumentos bem preservados representam muitos períodos históricos diferentes. Muitas das antigas muralhas da cidade ainda estão intactas e, dentro dessas antigas muralhas, existem nada menos que 4000 diferentes monumentos de interesse, incluindo portões, palácios, igrejas, praças e muito mais, representando estilos de romano a visigodo e mouro e daí por diante.

Situada no topo de uma colina, a Catedral Gótica de Évora remonta ao século XIII, com acréscimos no século XIV. A igreja gótica de São João Evangelista fica perto da Catedral e é um edifício incrível, fundada em 1485. Não deixe de conferir os belos azulejos pintados à mão na nave.

Outro monumento maravilhoso em Évora é o Palácio do Vasco da Gama. Seu claustro é de estilo manuelino e os murais são distintamente renascentistas. Também é imperdível a Universidade de Évora, que começou como uma faculdade jesuíta em 1551. Os jesuítas foram expulsos no século 18, mas alguns belos monumentos permanecem, incluindo o claustro do século XVII-XVIII e a Igreja Maneirista do século XVI.

Dominar o centro da cidade é o marco mais famoso de Évora, as ruínas do Templo Romano de Évora que datam do primeiro século. Ilustrando a longevidade dos monumentos de Évora, existem quatorze colunas de granito ainda em pé após 2000 anos.

Em suma, Évora é o melhor exemplo intacto do que foi a "Era de Ouro" de Portugal.

About admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *